Xacobeo 2021
Blogue

Quanto custa fazer o Caminho de Santiago

Foreigners on the Camino

Quanto custa fazer o Caminho de Santiago

Compartilhar

  • Facebook
  • Twitter
10-04-2017

Quanto custa comer no Caminho de Santiago? E dormir em um albergue de peregrinos? Um albergue público custa o mesmo que um privado? Qual é a estimativa de gasto diário? É possível fazer o Caminho de Santiago sem dinheiro?

São muitas as dúvidas que surgem ao calcular o custo da peregrinação a Santiago. Hoje deixamos a vocês este guia com todas as despesas que qualquer peregrino terá no Caminho de Santiago. Além disso, algumas dicas e truques para ter um consumo responsável e, assim, evitar carregar muito dinheiro com você.

Todo peregrino deve ter em conta que tipo de peregrinação ou de viagem quer fazer, a duração, que Rotas do Caminho de Santiago escolherO deslocamento até o ponto de partida também é decisivo, e irá variar dependendo se o peregrino viaja de dentro da Espanha, da Europa, da América ou de outro ponto do planeta. E, claro, qual o meio de transporte escolhido.

Finalmente, é decisivo saber onde dormir: alguns vão optar por dormir em albergues, outros em uma pensão ou pousada, e até em casas rurais e isso vai mudar substancialmente o orçamento.

Para tentar simplificar, vamos responder às principais perguntas que podem surgir antes de iniciar o Caminho de Santiago. 

Quanto custa dormir em um albergue?

O alojamento no Caminho de Santiago é dos mais variados, oferecendo alojamento para todos os gostos. Graças a isso, os peregrinos podem desfrutar desta experiência de vida independentemente do seu poder aquisitivo. No Caminho somos todos iguais e não será necessário arcar com grandes despesas para poder realizá-lo.

Dormir em um albergue é a maneira mais barata. Seu bolso notará essa economia, principalmente se sua Rota ultrapassar 15 dias. O Caminho de Santiago pode durar até um mês se fizermos um dos itinerários mais longos. Este é o caso do Caminho Francês, do Caminho do Norte, da Vía de la Plata ou do Caminho Primitivo, entre outros.

O preço por noite em albergues públicos com preço fixo gira em torno de 10 euros por noite e por pessoa. No caso daqueles albergues que só pedem "donativo", é recomendado deixar pelo menos esses 10 euros por pessoa. Tenha em mente que, embora eles não tenham um preço fixo estabelecido, seu funcionamento depende dessas doações.

No caso dos albergues privados o preço por noite é um pouco mais variável e pode ir dos 10 euros até os 15 ou 25 €.

Quanto custa ficar em pensões ou hotéis?

Dar informações precisas sobre o preço médio de hotéis e pensões já é uma tarefa menos simples. Como dissemos, o Caminho de Santiago oferece acomodações para todos os gostos e, falando em hotéis, podemos encontrar preços que variam do econômico ao luxuoso.

Portanto, não há preço médio. No caso de não haver albergue disponível ou preferir procurar uma pensão, podemos encontrar quartos a partir de 25€ em alguns casos.

cuanto cuesta hacer el camino de santiago

Quanto custa comer no Caminho de Santiago?

O gasto que cada peregrino tem com alimentação é variável e depende se comemos em bares e restaurantes ou se optamos por comprar comida em lojas ou supermercados.

Para esta última opção existem muitos albergues que oferecem cozinha para uso dos peregrinos, embora na alta temporada não seja tão fácil ter espaço e tempo suficientes para cozinhar.

O preço do menu nos restaurantes normalmente custa ao redor de 10-15€, preço pelo qual também podemos jantar em muitos estabelecimentos. O café da manhã não lhe custará mais que 5€ em quase todos os bares.

Para reduzir gastos, à tarde você pode comprar frutas frescas e secas ou algum outro produto para tomar o café da manhã no dia seguinte. Mas, atenção! Meça bem as quantidades, já que você não quer ter que carregar peso extra em suas etapas e muito menos desperdiçar comida.

cuanto cuesta hacer el camino de santiago

Qual é o orçamento diário de um peregrino?

Para saber quanto custa em média fazer o Caminho de Santiago, será necessário somar o que pretende gastar em hospedagem, somar o deslocamento e a contratação de outros serviços como a entrega da bicicleta ou o transporte de mochilas.

A isso devemos acrescentar as despesas de alimentação, a principal despesa de qualquer peregrino, e outras pequenas despesas extras do dia-a-dia que vão se somando, como sair para beber ao final da tarde, quando terminamos nossa etapa, comprar lembranças em locais emblemáticos ou despesas obrigatórias em farmácias para curar ou tratar alergias.

Mesmo as moedas necessárias para colocar nas lavadoras e secadoras significarão um pequeno custo adicional. Dependendo do quanto somos econômicos, esse custo pode variar de 5 a 10 ou 15 euros por dia.

Quanto custa transportar minhas mochilas ou enviar bagagem?

Se você precisa carregar parte de sua bagagem de etapa em etapa, para tê-la disponível em sua acomodação todas as noites sem causar danos às suas costas, você pode contratar nosso PAQ MOCHILA

Este é um custo fixo, mas não muito alto. Queremos que, assim como os albergues, todos os peregrinos que desejem possam usufruir deste serviço, independentemente do seu poder aquisitivo. Muito especialmente no caso de todas aquelas pessoas com problemas de saúde que não poderiam fazer o Caminho com peso em suas costas.

Quanto custa enviar uma bicicleta do aeroporto para o início do Caminho ou do final para o seu país ou para o aeroporto?

Se você é uma bicigrina ou bicigrino, você precisará levar sua companheira de Caminho até o local onde o iniciará e também desejará que ela volte inteira para casa.

Você terá que vir com sua bicicleta para a Espanha, mas assim que pousar, poderá enviar um #PaqBicicleta da agência dos Correos mais próxima. Você pode enviá-la de uma das nossas mais de 2.000 agências.

Você pode consultar as tarifas restantes aqui.

Quanto custa deixar a bagagem em um guarda-volumes em Santiago de Compostela?

Essa é a última coisa que precisamos saber para calcular nossas despesas no Caminho. Se quisermos entrar na Catedral de Santiago não poderemos fazê-lo com a nossa bagagem. É por isso que oferecemos um serviço de guarda-volumes na nossa agência dos Correos em Santiago de Compostela, localizada no centro histórico de Santiago, a apenas 1 minuto da Catedral, na Rúa do Franco, 4.

Os preços de armazenamento são de 3 euros/dia para mochilas ou malas, 5 euros/dia para bicicletas e 1 euro/dia para bastões ou cajados.

Dinheiro, melhor em papel moeda ou em um cartão pré-pago?

Os peregrinos preferem evitar levar muito dinheiro com eles. Esta é uma boa opção para evitar sustos e a melhor maneira de fazer isso, sem ficar sem dinheiro, é recarregar um cartão pré-pago como o que oferecemos nos Correos.

Ele permitirá que você pague em qualquer um dos estabelecimentos que aceitam MasterCard® (praticamente todos na Espanha), compre pela Internet ou saque dinheiro em seus caixas eletrônicos. A diferença com outros cartões é que ele não está vinculado a nenhuma conta corrente, então você não pode gastar mais do que o valor que você carregou nele. Todas as informações sobre o Cartão Pré-pago podem ser encontradas no nosso site.

Você pode fazer o Caminho de Santiago sem dinheiro?

Somando tudo isso, podemos dizer que um peregrino gasta uma média diária de 30 euros a 50 euros por dia (incluindo alimentação e hospedagem) na Rota Jacobina.

Fazer isso sem dinheiro é complicado. Mas esse valor pode ser reduzido. Por exemplo, optando por dormir ao ar livre, em um saco de dormir, olhando as estrelas. É uma opção válida apenas para meses de bom tempo e para pessoas que querem renunciar às coisas básicas, como uma cama ou um banho restaurador.

Os gastos com alimentos são mais difíceis de reduzir. Tenha em mente que no Caminho você gasta muita energia e é necessário comer para reabastecê-la e continuar a Rota no dia seguinte. Você sempre pode optar por comprar alimentos no supermercado e prepará-los no albergue, uma opção mais barata do que comer em um restaurante. Ao longo do Caminho você também encontrará pessoas do local que oferecem frutas e comida de graça ou em troca de uma pequena doação.

Esperamos que este pequeno guia o ajude a calcular quanto você gastará no Caminho de Santiago e que sirva para reconhecer os preços adequados naqueles lugares por onde passar.

De nossa parte, podemos apenas lembrá-lo de nos seguir no Facebook, Twitter e Instagram para toda informação atualizada.

Se você se interessou por este artigo, não hesite em assinar a newsletter para receber notificações de mais entradas como esta em nosso blog.

* Versão para o Português: Bia Leis – Buen Camino


Seu endereço de email não será publicado.
Os campos obrigatórios são marcados com *