Blogue

Caminho Francês de Santiago: o que e, por onde começar, o que ver

Dicas para fazer o Caminho

Caminho Francês de Santiago: o que e, por onde começar, o que ver

Compartilhar

  • Facebook
  • Twitter
05-12-2019

O Caminho Francês é uma das rotas históricas de peregrinação a Santiago de Compostela e também a mais popular. Hoje entramos nele e descobrimos o que é, qual é a sua origem, onde começa e o que pode ver o peregrino que o percorre.

O que é o Caminho Francês

O Caminho Francês de Santiago é a rota de peregrinação mais popular a Santiago de Compostela. Após a descoberta do túmulo do Apóstolo Santiago no século IX e o início do Caminho de Santiago, o Caminho Francês foi o itinerário mais utilizado pelos peregrinos da Europa.

Ao longo dos séculos, o Caminho Francês tornou-se uma via de civilização e desenvolvimento social, artístico e cultural. Prova disso é que a UNESCO o distinguiu como Patrimônio da Humanidade. O Caminho de Santiago foi também eleito na década de 1970 pelo Conselho da Europa como a primeira Rota Cultural Europeia e em 2004 recebeu o Prémio Príncipe das Astúrias pela Concórdia.

Qual é a origem do Caminho Francês

O Caminho Francês de Santiago desenvolveu-se - como vimos - graças ao trânsito de peregrinos de diversos países europeus. A França é a entrada natural da Península Ibérica e os Pirenéus a fronteira mais comum. Neste post você pode ver o Caminho Francês de Santiago no mapa.

Esta Rota consolida-se na Espanha como continuação das quatro principais rotas existentes em França: Via Turonensis, com início em Paris; a Via Podiensis, que atravessa a França de Le Puy a Conques; Via Lemovicensis, com origem em Vezelay - Limoges; e a Via Tolosana, que parte de Arles - Toulouse e atravessa os Pirenéus por Somport.

A sua fama foi irrefreável desde a sua aparição no Codex Calixtinus (o Códice Calixtino), publicação do século XII na qual a Rota aparece em detalhes, com os pontos de partida, etapas, albergues públicos e igrejas... Só em 2018, cerca de 170.000 peregrinos receberam em Santiago a Compostela depois de completar o Caminho Francês.

Mapa do Caminho Francês

O Caminho Francês de Santiago percorre o norte da Espanha, atravessando-o de leste a oeste. Para que você possa se orientar melhor, aqui você pode ver o Caminho Francês em um mapa. Entre na Espanha pelos Pireneus e continue seu Caminho em direção a Santiago, passando por vilas e cidades jacobinas tão importantes como Pamplona, Logroño, Santo Domingo de la Calzada, Burgos, León, Astorga, O Cebreiro ou Sarria.

Camino Francés mapa

A entrada na Espanha pode ser feita através de duas comunidades: Navarra e Aragón. Os peregrinos que passarem por Navarra descobrirão o espírito jacobino de Roncesvalles, Zubiri ou Pamplona. Por outro lado, os caminhantes que decidem fazer o Caminho Francês por Aragón passarão por Jaca, Arrés, Ruesta, Sangüesa ou Monreal. Ambos os Caminhos convergem em Puente la Reina, uma cidade navarra conhecida na tradição jacobina por ser união de Caminhos.

Por onde começar o Caminho Francês

Onde começa o Caminho Francês? Esta é uma das perguntas mais recorrentes dos peregrinos que acessam este site Como diria um bom galego, a resposta é: depende.

Um dos pontos de partida mais populares é a cidade francesa de Saint- Jean-Pied-de-Port, localizada do outro lado dos Pirenéus. A etapa seguinte seria Roncesvalles, já na Espanha.

Embora seja um ponto de partida muito famoso, Saint- Jean-Pied-de-Port não é o ponto inicial mais aconselhável se for a primeira vez que você faz o Caminho Francês ou se não estiver em muito boa forma. O motivo: a primeira é uma das etapas mais difíceis deste Caminho de mais de 800 km e obriga o peregrino a atravessar os Pirineus. Este esforço inicial pode custar caro e impedir que você aproveite a Rota. 

O Caminho Aragonês é outra opção que também vale a pena se a sua ideia é percorrer todo o Caminho Francês. Começa em Somport e continua até Jaca para completar a primeira etapa deste Caminho de Santiago por Aragón.

Em Puente la Reina junta-se ao Caminho Francês por Navarra, seguindo uma única rota até Santiago de Compostela, passando por grandes cidades como Logroño, Burgos ou León e pequenas cidades ricas em patrimônio como Nájera, Santo Domingo de la Calzada, Belorado, San Juan de Ortega, Frómista, Carrión de los Condes, Burgo Ranero, Mansilla de las Mulas, San Martín del Camino, Ponferrada, Villafranca del Bierzo ou O Cebreiro.

Como fazer os últimos 100 km do Caminho Francês de Santiago

Embora o Caminho Francês percorra todo o norte da Espanha, o mais comum entre os peregrinos é caminhar apenas os últimos 100 km. Esta distância é necessária para obter a Compostela, o documento que credencia a peregrinação a Santiago.

Para fazer estes últimos 100 km do Caminho Francês de Santiago, devemos começar na cidade galega de Sarria, localizada na província de Lugo. De lá até a Catedral de Santiago, o peregrino tem cinco etapas pela frente, percorrendo cidades como Portomarín, Palas de Rei e Arzúa.

O Caminho Francês desde Sarria é o mais popular. Pode ser uma boa opção se tiver poucos dias para fazer o Caminho de Santiago e quiser percorrer esta Rota Jacobina.

Quanto tempo leva para completar o Caminho Francês?

Cinco dias, um mês ou quanto você quiser. Como em todas as Rotas do Caminho de Santiago, você pode começar e terminar onde quiser, caminhar no seu próprio ritmo e passar quantos dias puder ou precisar.

O Caminho Francês de Santiago tem algumas etapas indicativas para que você tenha uma ideia de quanto tempo levará. De Saint- Jean-Pied-de-Port demora cerca de 30 dias, de Somport mais alguns (33), de León cerca de 15 e de Sarria, 5 dias. Esses são os pontos de partida mais comuns, mas se você quiser começar em outro lugar, pode conferir as etapas em nosso site.

Isso se for feito a pé. Se você for fazer o Caminho Francês de Santiago de bicicleta, as coisas mudam. A distância mínima para obter a Compostela (200 km) é de Ponferrada. São apenas cinco dias que podem ser usados para medir suas forças e aproximar você do Caminho de Santiago.

Um dos melhores pontos de partida para o Caminho Francês de bicicleta é León, que pode ser concluído em uma semana. De Saint- Jean-Pied-de-Port / Roncevalles, o peregrino pode completar o Caminho sobre duas rodas em uns 15 dias. 

Como fazer o Caminho Francês

O Caminho Francês é uma das rotas mais populares e percorridas. Por isso, conta com uma rede completa de albergues públicos e privados e outros tipos de hospedagem nas diferentes cidades por onde passa. Possui boa sinalização e um rico patrimônio artístico, cultural e gastronômico.

Além disso, o Caminho Francês é perfeito para quem se lança ao Caminho de Santiago pela primeira vez, pois, segundo os próprios peregrinos, é o Caminho no qual mais se vive o espírito do Caminho. Para os bicigrinos, a Rota Francesa é ciclável durante todo o ano.

Se precisar de conselhos para planejar o seu Caminho, temos as respostas a algumas das perguntas mais frequentes entre os peregrinos: o que levar na mochila, onde comprar a Credencial, como conseguir a Compostela... E lembre-se que nosso Paq Mochila está disponível no Caminho Francês a partir de Sarria durante todo o ano e durante a alta temporada (da Semana Santa a Novembro) em sua rota completa pela Espanha: a partir de Roncesvalles e de Somport.

O que ver no Caminho Francês

Se depois de tudo o que foi dito você ainda não sabe se deve fazer o Caminho Francês, saiba que tem um extra. Além da grande tradição jacobina, o Caminho Francês de Santiago destaca-se pela riqueza arquitetônica, artística e paisagística.

Não é que outras rotas como o Caminho Português ou o Caminho do Norte não o tenham. Mas no Caminho Francês é especialmente notável. Para que você possa conferir por si mesmo, preparamos um guia com o que você deve ver e fazer nas diferentes cidades por onde passa o Caminho. E se você quer saber como é a arte do Caminho Francês, lembramos que o românico é um dos principais elementos desta Rota e aqui deixamos alguns dos seus maiores expoentes.

Esperamos que este post tenha ajudado você a descobrir um pouco mais o Caminho Francês e que você se anime em percorrê-lo. E se você já o fez e quer experimentar outros Caminhos de Santiago, lembre-se que neste site você encontrará informações sobre os principais Caminhos: do Caminho do Norte a Santiago ao Caminho Primitivo, passando pelo Caminho Inglês ou o Caminho de Finisterra e Muxía. Buen Camino, peregrinos!

¡Buen Camino, peregrinos!

* Versão para o Português: Bia LeisBuen Camino


Seu endereço de email não será publicado.
Os campos obrigatórios são marcados com *


});