Xacobeo 2021
Blogue

Caminho de Santiago, melhor sozinho ou acompanhado?

Dicas para fazer o Caminho

Caminho de Santiago, melhor sozinho ou acompanhado?

Compartilhar

  • Facebook
  • Twitter
08-09-2022

Caminho de Santiago, melhor sozinho ou acompanhado? Não existe uma resposta única para esta pergunta que muitos peregrinos se fazem antes de começar a caminhar.

Se você vê o Caminho de Santiago como uma oportunidade para se conhecer melhor, para refletir ou mesmo para rezar e se sentir mais próximo de Deus, sem dúvida sua melhor opção é fazê-lo sozinho. Se, por outro lado, você deseja compartilhar uma experiência única com seu parceiro ou amigos, descobrirem juntos novos lugares e paisagens, e estarem sempre unidos, o Caminho acompanhado pode ser uma experiência inesquecível.

Hoje, contamos as vantagens e desvantagens de ambas as opções. Mas lembre-se, o Caminho de Santiago muda você para sempre. Faça como quiser, mas faça!

 

El Camino de Santiago solo

Fazer o Caminho de Santiago sozinho: vantagens e desvantagens

O Caminho de Santiago por si só é uma experiência única e uma aprendizagem constante. Tenha em mente que você não faz o Caminho de Santiago sozinho, você o faz consigo mesmo. É uma viagem dentro de você. Uma introspecção. Um momento que permite que você se conheça, se analise e descubra o que quer, como se sente e para onde vai.

Para muitos peregrinos essa é a melhor experiência de suas vidas e, por isso, uma das muitas razões pelas quais sempre voltam ao Caminho e a Santiago de Compostela. Em um nível prático, você não depende de ninguém. Você começa e termina as etapas quando quiser.

Você só precisa se relacionar com outros peregrinos se quiser. E quando você quiser fazer isso, aprenderá a ouvir muito melhor as pessoas e a se relacionar com quem você nunca pensou que iria conviver. Isso o ajudará a crescer como pessoa.

Todas as Rotas do Caminho de Santiago são válidas para fazer sozinho? Claro que sim. O Caminho de Santiago é um lugar seguro. E por onde quer que você vá, sempre encontrará alguém no seu Caminho em direção a Santiago.

Sem ir mais longe, nossos carteiros - que percorrem todos os dias o mesmo itinerário dos peregrinos - podem até dar uma mãozinha, tirar alguma dúvida ou te ajudar com um dos serviços dos Correos, como o Paq Mochila, o serviço diário de transporte de bagagem de albergue em albergue.

O Caminho Francês de Santiago é, no entanto, a rota jacobina por excelência, também para fazê-lo sozinho. Bem sinalizado e dotado de uma boa rede de alojamento, permitirá que você se sinta sempre em segurança. Além disso, o Caminho Francês é um dos mais movimentados e com maior tradição hospitaleira, para que você possa estar com as pessoas e receber apoio sempre que quiser ou precisar.

Se, por outro lado, você procura a solidão total, existem outras rotas de peregrinação perfeitas, como o Caminho Primitivo ou a Vía de la Plata , itinerários difíceis e exigentes que ajudam a viver a peregrinação a Santiago de uma forma diferente.

Existem inconvenientes ao fazer o Caminho de Santiago sem companhia? Ir sozinho implica que você deve assumir todas as decisões e pode cometer erros. Desorientar-se ou não encontrar a rota é algo frequente no Caminho. Uma situação que, se ocorrer, é melhor quando se está acompanhado.

Para evitar problemas, procure sempre seguir os múltiplos sinais do Caminho: a seta amarela, a concha de vieira... e até os passos de outros peregrinos.

Muitas pessoas têm medo de andar sozinhas. Tenha em mente que o Caminho de Santiago costuma ser um lugar seguro. Embora às vezes seja um sentimento irracional, diante do qual nada pode ser feito. Se preferir não correr riscos, procure caminhar acompanhado.

E se eu tiver uma emergência? Essa é uma das piores situações para estar só. O melhor é que você sempre leve seu celular com bateria suficiente para poder ligar. E, se possível, com um geolocalizador para ser mais fácil encontrar sua posição, caso seja necessário.

Se você finalmente decidir fazer o Caminho de Santiago sozinho, aqui estão alguns conselhos para você aproveitar.

 

 Hacer el Camino de Santiago en compañía

O Caminho de Santiago em grupo ou acompanhado

Fazer o Caminho de Santiago em companhia também tem suas vantagens. Se a espiritualidade e a comunhão consigo mesmo não são os objetivos do seu Caminho, fazê-lo em casal ou em grupo é uma ótima opção.

É uma maneira diferente de compartilhar seu tempo. Vocês se unirão mais, compartilharão experiências únicas e isso os ajudará se conhecerem como são. Além disso, fazer o Caminho de Santiago em grupo pode garantir momentos muito bons. E à medida que você acrescenta pessoas, a diversão pode ser ainda maior.

Obviamente, fazer o Caminho de Santiago em casal ou com amigos ou familiares permite evitar medos desnecessários, para que você aproveite mais a experiência. E, ao mesmo tempo, terá apoio quando precisar: as bolhas, as dores nas pernas ou nas costas, o cansaço... Ter alguém que você ama ao seu lado é sempre reconfortante.

Então, o que há de errado em fazer o Caminho de Santiago em companhia? Existem alguns pontos, embora tudo dependa de como você é e do temperamento da pessoa ou pessoas que o acompanhem.

Passar 24 horas juntos, seja com amigos ou com seu parceiro, é exigente. Muitos bons momentos surgirão, mas também um ou outro atrito, discussão ou desconforto.

Onde está a seta amarela? Qual é o itinerário correto? Onde paramos para comer? E onde vamos dormir hoje? Por que não caminhamos mais 5 quilômetros? Esses são problemas que podem surgir.

Mesmo que você seja proativo e escolha com antecedência se quer fazer o Caminho Francês ou o Caminho do Norte. Mesmo que decida reservar todas as acomodações da sua rota, sempre pode acontecer um desentendimento.

Seja como for, a experiência do Caminho de Santiago deve ser vivida uma vez na vida. Então, anote-o como um propósito e siga em frente. Lembre-se que no nosso site pode encontrar informação para planejar o seu Caminho: desde qual Rota escolher, à descrição de cada uma das etapas do Caminho, níveis de dificuldade e, claro, o conselho dos nossos carteiros.

Além disso, lembre-se que nos Correos colocamos à sua disposição uma série de serviços que tornam o Caminho mais fácil: transporte de mochilas de etapa em etapa para evitar carregar peso, envio de bicicleta ou malas, ou o serviço de guarda-volumes ao chegar a Santiago, entre outros.

E qualquer coisa que você precise, temos mais de 150 agências dos Correos ao longo das diferentes Rotas Jacobinas. Então, deixe suas dúvidas e se entregue a esta aventura. ¡Buen Camino!

* Versão para o Português: Bia LeisBuen Camino


Seu endereço de email não será publicado.
Os campos obrigatórios são marcados com *