Xacobeo 2021
Blogue

O que ver e o que fazer em Pamplona

Places of the Camino

O que ver e o que fazer em Pamplona

Compartilhar

  • Facebook
  • Twitter
25-05-2022

Pamplona é uma das cidades do Caminho de Santiago com grande tradição jacobina. O monge Aymeric Picaud já pôde desfrutar da capital navarra durante sua peregrinação a Santiago em 1134 e a registrou no Codex Calixtinus, o primeiro livro de viagem da literatura ocidental detalhando o itinerário conhecido como Caminho Francês.

Além disso, a Rota Jacobina está muito presente na cidade, percorrendo-a de nordeste a sudoeste. E durante séculos, a Virgen del Camino foi homenageada com o título de Rainha e Senhora de Pamplona.

Se Pamplona é famosa por alguma coisa, é por suas festas de San Fermín, que são celebradas em julho. Porém, chegando ou não a estas comemorações, Pamplona tem muitas atrações mais a se descobrir. Por esta razão, hoje lhe deixamos um pequeno guia e um mapa do que ver e fazer em Pamplona para que você possa desfrutar da cidade e seguir as pegadas jacobinas deixadas pelos peregrinos.

Mapa guía de Pamplona

 

 

 

Procure a Praça Consistorial. Se existe uma imagem icônica de Pamplona, ​​é o lançamento do chupinazo que anuncia as famosas festas de San Fermín. Então, a primeira coisa que costumam fazer os visitantes que vêm a esta cidade pela primeira vez, é ir até a Praça Consistorial e imortalizar esse cenário com sua câmera ou celular.

Nós também recomendamos que você entre no “Casco Viejo” (Centro Antigo) e procure esta praça medieval onde fica a Prefeitura. Além de mítica é muito bonita. A Plaza Consistorial é também a protagonista no final das festas de San Fermín. Lá, muitas pessoas se reúnem para cantar “Pobre de mí”, uma música que se despede das festividades no dia 14 de julho, à meia noite.  

Pise na Calle Estafeta. Uma parte essencial de Pamplona é caminhar pela rua Estafeta, a mais popular da cidade. Aqui acontece a corrida de touros durante as festas de San Fermín. Navarrería e San Nicolás são outras ruas muito animadas para ir tomar uma bebida.

Passeie pela Plaza del Castillo. Menos conhecida pelos que vêm de fora, a Plaza del Castillo é o centro nevrálgico da vida social de Pamplona, ​​por isso é conhecida como "a sala de estar" do povo de Pamplona. Sem sair do Casco Viejo, você pode passear por esta praça reservada a pedestres, com arcadas por todos os lados e que possui edifícios importantes como o antigo cassino ou o Palácio Goyeneche, além de seu belo coreto central.

 

Qué ver y hacer en Pamplona: visita la Catedral

 

 

Entre na Catedral de Pamplona. Localizada sobre as escarpas rochosas da Cidade Velha de Pamplona, ​​a Catedral de Santa María la Real é uma joia medieval na qual se destaca a sobriedade de sua fachada neoclássica. No seu interior você pode descobrir os túmulos reais de Carlos III de Navarra e Eleanor de Castela e visitar a exposição Occidens, uma explicação das origens e valores da civilização ocidental, que pode ajudar a compreender o próprio Caminho de Santiago.

Perca-se no Centro Histórico. Reserve um momento para esquecer o mapa e perder-se pelas ruas da Cidade Velha, que impressiona pelo seu tamanho, beleza e ambiente agradável. Uma das ruas mais peculiares é a Calle Redín, pontilhada de casas baixas com típica arquitetura popular de Navarra.

Além disso, em todo Centro Histórico você encontrará pequenas lojas tradicionais com os seus doces, queijos, conservas de legumes ou licores, como o famoso patxaran. Se você quiser levar algo como recordação, lembre-se que pode enviar por meio dos Correos.

Caminhe pelo Paseo de Sarasate. É a via que liga a Cidade Velha à área mais moderna da cidade. Nele você encontrará edifícios emblemáticos como o Palácio de Navarra, o Monumento aos Fueros e, no número 9, a Agência Principal dos Correos. Aqui podemos ajudá-lo se você não quiser carregar sua mochila entre as etapas, se quiser enviar sua bicicleta, malas ou pacotes para qualquer ponto do Caminho.

 

Qué hacer y qué ver en Pamplona: ciudadela

 

 

Descubra as muralhas e baluartes. Poucas pessoas sabem que Pamplona tem um dos recintos murados mais completos da Europa. Pequenos fortes e baluartes conectam a Centro Antigo a inúmeras áreas verdes, além de oferecer aos visitantes vistas únicas. Uma das áreas mais conhecidas é o baluarte de La Taconera, que faz parte do complexo murado. Você vai adorar passear por seus recantos românticos e ver os animais que vivem em semiliberdade em seus fossos: veados, patos, faisões, cisnes e pavões.

Seguindo os passos do Caminho: do Rio Arga à Universidade. O Rio Arga é o mais importante dos que atravessam a cidade de Iruña. O encontramos ao atravessar a Ponte Magdalena, porta de entrada do Caminho de Santiago a Pamplona. Em suas margens, quilômetros de trilha para pedestres e ciclistas. Para retornar ao Caminho, a saída de Pamplona se faz pela Universidade.

Visite a Virgen del Camino. Ao contrário do que possa parecer, San Fermín não é o santo padroeiro de Pamplona, mas sim San Saturnino. Antes de sair da cidade, não deixe de visitar a sua igreja, do século XIII. Além de admirar a construção e visitar o padroeiro, você pode parar na Capela da Virgen del Camino, chamada de Senhora e Rainha da cidade.

De “pinchos” pela cidade. Ao final da tarde ou ao meio-dia, saboreie os tradicionais pinchos, petiscos em miniatura que nesta cidade se caracterizam por seu preparo. Os vinhos navarros podem ser um acompanhamento perfeito para aderir ao costume local de “potear” (beber de bar em bar) ou tomar um vermute.

Pamplona tem inúmeras atrações e coisas para descobrir, mas esperamos que este pequeno guia o ajude a orientar seus passos pela cidade. E para que tenha tudo à mão, lhe deixamos um mapa de Pamplona com estas dicas sobre o que ver e fazer durante o seu Caminho de Santiago.

¡Buen Camino, peregrinos!

*Versão para o Português: Bia LeisBuen Camino


Seu endereço de email não será publicado.
Os campos obrigatórios são marcados com *