Xacobeo 2021
Blogue

Caminho para Finisterre e Muxía: o que fazer e não fazer em sua peregrinação desde Santiago

Places of the Camino

Caminho para Finisterre e Muxía: o que fazer e não fazer em sua peregrinação desde Santiago

Compartilhar

  • Facebook
  • Twitter
02-03-2022

O Caminho de Finisterre (Fisterra/Finisterra) e Muxía é o único no qual Santiago de Compostela não é a meta, mas o ponto de partida. Por outro lado, esta antiga rota oferece ao peregrino paisagens únicas, gastronomia requintada e uma viagem repleta de misticismo e lendas.

E, claro, de uma forte tradição jacobina. Finisterre aparece no próprio Códice Calixtino com o nome de Dugium, lugar para onde os discípulos do Apóstolo viajaram com o objetivo de obter a autorização romana que lhes permitiria enterrar seu corpo em Compostela.

Já em Muxía, segundo a lenda, a Virgem Maria chegou num barco de pedra para encorajar o Apóstolo Santiago em sua tarefa evangelizadora por toda a Península.

Hoje convidamos você a descobrir um dos itinerários mais mágicos do Caminho de Santiago, que pode ser percorrido em apenas 4 ou 5 etapas. Além disso, desde o dia 1º de abril, o Paq Mochila está disponível nesta Rota. Você pode reservar o seu serviço diário de transporte de bagagem em www.paqmochila.com.

 

 

 

Para que você não perca nada, deixamos algumas dicas do que fazer e também do que não fazer na sua peregrinação ao Fim do Mundo:

1. Antes de partir… descubra Santiago. Quer comece o Caminho ou o prolongue, você não pode sair de Santiago sem entrar na Catedral e visitar o túmulo do Apóstolo. Além disso, se tiver alguns dias, a capital da Galícia oferece mil e uma atrações: seu belo centro histórico, um bom número de áreas verdes, uma gastronomia excepcional... Aqui deixamos algumas dicas para que você aproveite a cidade.

2. Uma imagem para lembrar. Para que sua retina comece a se encher de beleza, saia de Santiago descendo a Rua das Hortas. Nela você encontrará um pequeno beco por onde poderá entrar para ver os pomares e ter uma última visão da Catedral antes de seguir em direção ao Fim da Terra.

E lembre-se que se quiser fazer este Caminho sem bagagem, tem tempo para deixar algumas coisas no nosso guarda-volumes localizado na agência da Rua do Franco, 4 .

 

Ponte Maceira, primera etapa del Camino a Fisterra y Muxía

 

3. Descubra A Ponte Maceira. Antes de terminar a primeira etapa você poderá desfrutar da bonita aldeia de A Ponte Maceira, um dos trechos mais lembrados pelos peregrinos que se deslocam a Finisterre e Muxía.

Neste núcleo medieval, dividido pelo rio Tambre, você poderá atravessar a Ponte Vella, de origem romana, e apreciar suas casas com brasões renascentistas, a capela de San Brais, dois moinhos de água restaurados (um deles convertido em um restaurante perfeito para recuperar as forças), um pombal de planta circular, vários hórreos (celeiros típicos da região) e o imponente Pazo del Baladrón. Esta etapa termina em Negreira, onde você poderá ver o Pazo de Cotón.

4. Desfrute do ambiente rural. A caminho de Olveiroa, pelos municípios de Dumbría e Mazaricos, você poderá usufruir de uma autêntica paisagem rural atravessando grandes florestas de carvalhos e pinheiros. Ao percorrer as diferentes aldeias, observe o calçamento de paralelepípedos e a quantidade de hórreos que encontrará pelo caminho.

 

Vista de Fisterra desde el Alto do Cruceiro de Armada en Cee

 

5. Livre-se da dor no pé. Antes de chegar a Cee, no Monte de San Pedro Mártir você pode lavar os pés numa "fonte milagrosa" para as dores nos pés e reumatismo, ao lado da capela. Além disso, do Alto do Cruceiro da Armada você poderá ver ao longe, pela primeira vez, o Cabo Finisterre.

6. Tradição marítima. Em Corcubión você poderá desfrutar de um belo centro histórico, com uma igreja românica e vistas para o mar. Embora não passe pelo Caminho, se puder, dê uma escapada para a cascata do Ézaro, uma das paisagens naturais mais incríveis da Galiza.

A cascata do Ézaro é a única cascata da Europa que cai diretamente no mar e em certas épocas do ano você poderá vê-la iluminada por um atraente jogo de luzes e cor.

Atardecer en el faro de Fisterra

 

7. Aprecie a gastronomia neste Caminho. Vitela no interior e mariscos e peixes na costa. E uma recomendação: não vá embora sem provar os longueirones (navalhas), típicos da região.

8. Siga os rituais na chegada a Finisterre. À chegada a Finisterre é costume seguir 3 ritos: de purificação (com banho na praia de Langosteira), de morte (descartando algo material que você carrega) e de ressurreição (vendo o espetacular pôr-do-sol no Cabo Finisterre).

 

Santuario da Virxe da Barca en Muxía

 

9. Pegue sua Fisterrana. Ao chegar a Finisterre, não se esqueça de passar pelo albergue público e mostrar os carimbos que comprovam que você fez o Caminho para conseguir a Fisterrana. Você também pode passar por nossa agência dos Correos, na Rua A Coruña, de onde pode enviar de volta sua mala ou mochila e bicicleta.

10. Visite o Santuário da Virxe da Barca. Em Muxía aproveite o Santuário da Virxe da Barca e seu cenário espetacular de frente para o mar. Procure ali a pedra de Abalar, à qual se atribuem qualidades adivinhatórias; e a pedra Dos Cadrís, uma pedra sob a qual se passa 9 vezes para curar doenças renais ou nas costas. No albergue público é concedida a Muxiana com os carimbos que certificam que você fez o Caminho a Muxía.

Há também coisas que você NÃO deveria fazer no seu Caminho para Finisterre e Muxía e é nosso dever lembrá-lo. Quando chegar ao farol de Finisterre, não desça muito pelas rochas da falésia, pois é perigoso. Também não deixe seus pertences espalhados ou queime suas roupas no redor do farol. Além de não ser uma tradição, você suja uma área natural que todos nós temos que cuidar.

 

Mapa del Camino a Finisterre y Muxía

 

Para que você não esqueça nada disso, Camino con Correos editou um mapa no qual estão resumidos todos estes conselhos e incluímos um espaço para você reunir seus carimbos diários. Assim será impossível não desfrutar da sua peregrinação ao Fim do Mundo. ¡Buen Camino, peregrino!

* Versão para o Português: Bia LeisBuen Camino


Comentários
Maria Emília Lopes Ferreira
Olá sou Emilia Desde já agradeço os comentários acerca do caminho que vou iniciar com a minha dia 6 de setembro. Vou caminhar com o meu marido e 4 filhos para a regeneracao dos nossos corações ! Muito grata. Emília Ferreira
26-08-2022

El camino con correos
Muito obrigado por nos ler Emilia. ¡Buen Camino!
29-08-2022

Seu endereço de email não será publicado.
Os campos obrigatórios são marcados com *